terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Eu Detesto o Natal!





Eu tenho horror do Natal. Muita gente feliz demais, sorridente demais, falante demais, suada demais, enquanto cria congestionamento nas calçadas pra ficar encarando vitrine ao invés de entrar na loja; essa coisa de espírito natalino, que é época de paz, harmonia, amor... Ah, faça-me o favor! Eu, hein, galera se odeia o ano inteiro, aí vai chegando Dezembro e é só escutar Simone cantado "Então é Natal..." nos shoppings que tudo vai se acalmando, se tornando pisca-piscante, colorido, doce, suave, harmônico...

Comigo não tem disso. Eu gosto sim, das bebedeiras, das festas, é disso que eu gosto. Se bem que esse ano não deve ter nada na casa dos meus parentes, o que é uma pena, porque eu começo a beber de manhã e só paro de noite.

Já repararam como é o mesmo assunto todo santo ano?! Nascimento de Cristo, Papai Noel, Simone, filme evangélico na televisão, gente surgindo do nada pra te desejar feliz Natal: "Que você tenha um Feliz Natal, cheio de amor, harmonia, saúde, paz...". Porra, não vem com essa. Some o ano inteiro, aí vem com papo de amor? Harmonia? Ah, não.

Eu posso estar parecendo um pouco revoltado, mas é que essa data me irrita muito, porque as pessoas se aproveitam disso pra posar de santas. Faz merda o ano inteiro, dá calote, fala mal de fulano, ciclano, beltrano, qualquer outra coisa que termine com ano, faz vergonha, sacaneia, e tudo mais, pra depois chegar e "É época de renovação...". Ah, assim é muito fácil! Eu faço merda o ano inteiro, aí chega o Natal e BOOM, tô restaurado, tô abençoado. Povo anda muito enganado, isso sim.

Papais Noéis surgindo do nada, distribuindo presentes baratos, no melhor estilo Priscilla e Yudi, quando a criança pede um vídeo-game e ganha um boneco do Hobbit (nada contra, mas vocês entenderam), aí a criança sai decepcionada porque acha que não se comportou tão bem assim pra poder ganhar o vídeo-game.

Como dá pra ser feliz no meio de tanta coisa assim? Eles deviam trocar o lema, ao invés de "Tempo de paz, amor e harmonia", mudar pra "Trégua Temporária, com retorno no dia 26".

É por isso que eu detesto o Natal e toda essa hipocrisia.
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, do interior do RJ, é o colunista oficial das terças no Barba Feita. Tem aproveitado a fase de solteiro para viver tórridos casos de amor. Com os personagens dos livros que lê e das séries que assiste, porque lidar com o sofrimento do término com personagens é bem mais fácil do que com pessoas reais.
FacebookTwitter


Um comentário:

Marcos Campos disse...

Mais ou menos isso ... e consumismo !
Mas a festa é legal !

Abraço !