terça-feira, 10 de março de 2015

O Segredo do Sucesso É a Discrição




Se eu soubesse disso antes, que o segredo do sucesso é a discrição, muita coisa na minha vida não teria acabado de forma tão drástica.

É um desejo forte, desesperado, de contar pra todo mundo, de fazer um textão no Facebook, de postar uma foto no Instagram, com mil hashtags, de sair contando pras pessoas que você conseguiu algo que tanto queria. Você conseguiu aquele emprego, ou aquela promoção, ou a pessoa certa pra você. Aì você vai lá e conta. Pra um, pra outro, pra mais outro... Pessoas que você julga serem de bem, serem de confiança. E então tudo começa a ruir...


As coisas começam a dar errado no emprego, você perde a promoção, a pessoa certa te abandona, e você não sabe o motivo.
"Por que?! Por que essas coisas acontecem comigo?!".
Não estou dizendo que a gente deve ser paranoico, mas não dá, simplesmente não dá pra confiar tudo a todos. O que acontece na nossa vida deve ser contado somente a quem é de direito saber e pronto! Porque pode não parecer, mas todo mundo tem um pouco de inveja dentro de si. Mesmo que não seja voltada pra você, às vezes, a pessoa é infeliz na vida, nada dá certo pra ela, e ela não suporta saber que mais alguém se deu bem na vida, enquanto a vida dela anda parada. Então a pessoa pensa: "Mas fulano não merecia; fulano é jovem demais; isso não vai dar certo, ciclana não vai conseguir...", e é assim que começa, é assim que a vida de quem é feliz demais e inocente demais pra confiar tudo a todos, começa a desandar.

A gente sempre pensa em ter cuidado com certas pessoas, com pessoas que aparentemente não são boas, que a gente sabe que não são boas, mas antes de termos cuidado com os nossos inimigos, precisamos ter a certeza de termos escolhido os amigos certos, porque nem sempre a mão que se estende pra nós é pra nos ajudar, muito pelo contrário. A pessoa pode estar te empurrando para o precipício e você nem sabe.

Felicidade é muito melhor quando vivida, não quando postada, porque a partir do momento que você posta alguma coisa boa, quem não é de bem, quem tem inveja, quem vive em função de agourar a vida das outras pessoas, essa gente começa a torcer contra.

Por isso, eu proponho, em plena era de posts, marcações, explanações virtuais, eu proponho que postemos menos a nossa felicidade, e vivamos mais da mesma.

Porque o que ninguém sabe, ninguém estraga.

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, do interior do RJ, é o colunista oficial das terças no Barba Feita. Tem aproveitado a fase de solteiro para viver tórridos casos de amor. Com os personagens dos livros que lê e das séries que assiste, porque lidar com o sofrimento do término com personagens é bem mais fácil do que com pessoas reais.
FacebookTwitter

Um comentário:

Chris Eldridge disse...

Eu faço de cada palavra sua a minha, eu e minha mania de ser um total BOCA ABERTA, talvez por isso mesmo que as coisas não funcionem, damn it.