terça-feira, 21 de abril de 2015

Não Alimente os Pombos




Pombos não servem pra nada. Bem, na minha opinião; se alguém discorda, me adiciona no "feiçe" e vamos conversar sobre a utilidade dos pombos, ok? 

Às vezes, no meu horário de almoço, eu vou até o centro da cidade, me sento na escada da Igreja Matriz, e fico observando as pessoas sentadas na praça, a maioria aposentados, alguns ambulantes, engraxates. Eu fico ali, observando correr  a pouca vida que essa cidade possui. Pessoas indo de um lado para o outro, falando, gesticulando... E o que me chama a atenção é que alguns dos que se sentam à praça pra comer da pipoca que é vendida ali, compartilham com os pombos que lotam o lugar. Não acham desagradável, você estar ali, comendo, pensando na vida, e um bando de criaturinhas sem objetivo e utilidade, ficarem te rodeando, afim de ganhar comida de graça? Eu acho! Pombos não servem pra nada, a não ser pra transmitir piolho (de novo, se alguém quiser me corrigir, o link tá la em cima). 

Na loja onde eu trabalho, a situação é parecida. Os pombos vêm, entram, ficam vasculhando embaixo dos balcões de ração em busca de qualquer porcaria pra comer, e eu passo o dia espantando esses serzinhos que dão um jeito de entrar pelas duas portas, de qualquer maneira, querendo comida. E, às vezes, estou tão compenetrado lendo, que não os vejo entrar, e só descubro quando alguém entra na loja e eles fazem barulho quando levantam voo. 

Com a gente é a mesma coisa. Existem os "pombos humanos", que entram na nossa vida com um único propósito: conseguir algo de graça, sem fazer esforço, e sujar a vida da gente. A gente acaba tendo pena e alimenta. Não importa o quão nojento isso pareça, a gente mantém essa galera inútil na nossa vida, se permite ser cercado por eles, num momento de felicidade aparente, e quando entra alguém novo, esses "pombos" levantam voo, deixando um rastro de sujeira, penas, bosta, e a gente ainda demora pra limpar a casa antes de receber quem acabou de chegar. 

Por isso eu sugiro: não alimente os pombos. Espante-os. Pombos não servem pra nada. Só trazem problemas pra nossa cabeça, sujeira de outras experiências, e só servem pra bagunçar as coisas. Alguns pombos podem parecer bonitinhos, mas são pombos, não vão contribuir positivamente pra sua vida. 

Não alimente os pombos. Mande-os pra longe. Deixe que eles comam lixo, guarde o que você tem de bom pra você e pra quem merece.

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, do interior do RJ, é o colunista oficial das terças no Barba Feita. Tem aproveitado a fase de solteiro para viver tórridos casos de amor. Com os personagens dos livros que lê e das séries que assiste, porque lidar com o sofrimento do término com personagens é bem mais fácil do que com pessoas reais.
FacebookTwitter

Nenhum comentário: