quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Tem! Mas Acabou... Ou Quase...





É mais ou menos assim. Ainda temos 28 dias de dezembro pela frente, mas tem vezes que parece menos... E outras, que parece mais. Final de ano é uma droga! Você pode concordar com essa afirmação, sem medo. Não aguentamos mais nossa rotina, existe um clima de “já acabou”, mas continuamos levando nossos afazeres, à espera do pequeno reboot, chamado de ano novo.

Mas estou tão de saco cheio que esse não é um daqueles textos espirituosos sobre como um lindo novo ano vem aí e que precisamos recarregar as energias para conseguir lidar com o novo, a novidade que será e virá no próximo ano. Esse é um texto sobre estar de saco cheio. Estar em um momento em que não aguento ligar minha TV, abrir a internet (isso inclui qualquer rede social ou site de notícias) e ter um papo despretensioso no WhatsApp.

Eu acho que o fim do ano também significa o fim da ‘tolerância’ para assuntos. Dos mais chatos aos mais legais. Não quero papo, não quero assunto, não quero mais nada.

Afinal, passei praticamente 12 meses aturando uma eterna “lenga-lenga” de temas e interesses; chega um momento em que isso não é mais o suficiente. E você não quer mais aturar. Eu não quero mais aturar.

Bem, meu amigo, sou solidário e eu te entendo. E também seja solidário e me estenda uma mão. Por mais que só existam apenas 28 dias até o final de ano, ainda existem esses 28 dias que precisaremos encarar. Não vai ser divertido, não vai ser bonito, mas é necessário.

Falando nisso, já fez a sua lista de planos para o novo ano que vem aí? Ouvi dizer que ele virá novinho em folha... 

Leandro Faria  
Silvestre Mendes, o nosso colunista de quinta-feira no Barba Feita, é carioca e formado em Gestão de Produção em Rádio e TV, além de ser, assumidamente, um ex-romântico. Ou, simplesmente, um novo consciente de que um lance é um lance e de que romance é romance.
FacebookTwitter


Nenhum comentário: