quinta-feira, 10 de março de 2016

Dica do Sil: Séries Finalizadas Que Todos Deveriam Assistir




Muitas pessoas vivem me perguntando sobre séries que recomendaria em uma maratona. Tantas outras me dizem que não conseguem gostar de séries, porque você precisa assistir todos os episódios de uma só vez e não aguenta esperar uma semana pelo próximo. Pensei nisso e decidi trazer para vocês dicas de séries finalizadas. Sim, são seres que já possuem um final e você pode assistir tudo, sem medo de ficar sem resposta para eventuais perguntas.

É apenas programar a sua maratona e se deliciar com essas histórias que marcaram época. Vamos às minhas dicas de hoje?

The O.C.

Ryan Atwood, Marissa Cooper, Seth Cohen e Summer Roberts. Esse quarteto foi responsável pelo início do boom da cultura pop em séries adolescentes. Sim, eu sei que esse tipo de relação sempre aconteceu, mas no início dos anos 2000, mais precisamente em 2003, foi The O.C. a série que mais tratou o adolescente como um simples adolescente. E isso não foi,  e continua não sendo, nenhum pecado. Existiam os dramas (que basicamente são os mesmos dos dias de hoje) dignos de novela mexicana.  E protagonistas com síndromes distintas. O herói, a mocinha sofrida, a amiga da mocinha que não sabe se é bitch ou mocinha também. E o bad boy, que não quer ser o bad boy, mas acaba sendo. 

Bem, The O.C. foi uma série que começou em 2003 e terminou em 2007. Teve 92 episódios produzidos ao longo de quatro temporadas. E se você não conhece Orange Country, corra e conheça as aventuras que esse lugar reserva. 

The Nanny

Essa foi uma série do coração. The Nanny encontrei toda na Netflix e não tive dúvida, me joguei na maratona e curti como se não houvesse amanhã.

Caso não se lembre, The Nanny é uma série sobre uma babá que cuida de só uma criança, e  que acaba flertando diariamente com seu patrão. A trama é algo bem simples e que rendeu seis temporadas maravilhosas. Os episódios são curtos e garanto que ao dar o play você não irá se arrepender.

Desperate Housewives

Minha atual maratona. Aproveitei que encontrei na Netflix e decidi me jogar. Quando a série era exibida, maratonei três temporadas e fiquei completamente viciado. A grande verdade é que não tinha como não ficar fascinado por cada uma das donas de casa em questão.

A trama começa quando Mary Alice se suicida e suas amigas cuidam de seus pertences. No meio da arrumação, as donas de casa descobrem um bilhete recebido pela amiga. A partir daí as donas de casa se unem e tentam desvendar o mistério, que não é o único e muito menos o último. Se você gosta de rir, chorar e ficar reflexivo, Netflix e Desperate Houseviwes é pra você!

Você tem uma série finalizada favorita? Comente com a gente, aceitamos dicas!

Leia Também:
Leandro Faria  
Silvestre Mendes, o nosso colunista de quinta-feira no Barba Feita, é carioca e formado em Gestão de Produção em Rádio e TV, além de ser, assumidamente, um ex-romântico. Ou, simplesmente, um novo consciente de que um lance é um lance e de que romance é romance.
FacebookTwitter

Nenhum comentário: