quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Meu Vício Nos Irmãos à Obra e Nas Reformas de Casa




Preciso confessar uma coisa para vocês. Estou muito viciado em programas de reforma de casa. Aconteceu sem nem ao menos eu perceber. Um belo dia estava mudando de canal e dei de cara com dois irmãos gêmeos. Acabei ficando para entender melhor o que estava acontecendo. E não parei mais.

Para vocês entenderem bem, Drew é corretor de imóveis e responsável pela venda e compra de casas. Jonathan, o outro irmão, cuida da parte da reforma. Aquela que é realmente muito viciante e me faz querer ver todos os novos detalhes elaborados. Jonathan não só cria o projeto da nova casa, mas destrói cômodos, escolhe móveis e também aguenta reclamações dos futuros moradores com os imprevistos que toda obra possui.

Irmãos à Obra é divertidíssimo. Além dos dois ficarem, em seus momentos descontraídos, provocando um ao outro, a decisão pela casa que será comprada e também receberá uma bela reformada, é enorme. Todas as vezes me pego imaginando qual residência escolheria para mim. E se concordo com as escolhas estéticas de Jonathan. Nesse quesito nossos gostos são os mesmos e adoro tudo o que ele faz em suas reformas, é fantástico.

Mas esse não é o único programa do gênero presente na grade de programação do Discovery Home & Health. Os irmãos gêmeos possuem um outro show: Irmãos à Obra: Compra e Venda, onde Drew e Jonathan reformam a casa que os donos querem vender para que eles possam comprar a nova casa dos sonhos.

Se você acha que acabou, é porque não conhece os canais de televisão e sua fixação em fazer programas similares. Ame-a ou Deixe-a (nome brega, mas que combina com a atração) também tem suas características interessantes, além de ser muito viciante. No programa sempre existe um casal. Normalmente um deles quer muito vender sua casa antiga e ir em busca de uma nova, mas o outro acredita que a casa só precisa de uma pequena reforma. E é aí que entram Hillary Farr e David Visentin, decoradora de interiores e corretor imobiliário, respectivamente. Enquanto ela tenta, com a verba recebida pelos donos da casa, reformar alguns cômodos do imóvel, David sai em busca da nova casa dos sonhos.


Então, depois que ele encontra esse novo local, o casal, em conjunto, precisa decidir se vai amar (ou seja, permanecer no imóvel antigo) ou vai largar (mudando para um novo). Já vi programas que jurava que o casal mudaria, mas optou por permanecer, e em outros, que um dos parceiros era muito apegado a casa, mas acabou mudando e deixando tudo para trás. Ou seja, não é possível prever qual será a escolha do episódio.

Agora vocês já sabem o que faço no meu tempo livre nas quintas-feiras, assisto o Discovery H&H e fico vibrando com reforma na casa dos outros...
Leandro Faria  
Silvestre Mendes, o nosso colunista de quinta-feira no Barba Feita, é carioca e formado em Gestão de Produção em Rádio e TV, além de ser, assumidamente, um ex-romântico. Ou, simplesmente, um novo consciente de que um lance é um lance e de que romance é romance.
FacebookTwitter

Nenhum comentário: