terça-feira, 13 de dezembro de 2016

O Que Você Faria Com Duzentos Milhões de Reais?!





Não, não estamos dando prêmios aqui hoje. O que eu realmente quero saber é: 
O que você faria se ganhasse duzentos milhões de reais? 
Veja bem, não são duzentos reais, ou dois mil, ou duzentos mil, mas DUZENTOS MILHÕES! Desde que vi o valor estampado numa loteria, eu não parei de pensar sobre isso, porque, primeiro: eu amo dinheiro, e, segundo: é, é só o primeiro mesmo. Mas é aquela coisa, né, jogar a gente não joga, mas é cada plano que a gente faz com o dinheiro que poderia ganhar se jogasse... 

Aí fiquei pensando: a primeira coisa que eu faria seria voltar pra Barra Mansa e mandar pro inferno todo mundo que me sacaneou. Mentira, mentira, não sou mais vingativo, agora sou uma boa pessoa. A primeira coisa que eu faria (depois de contratar alguém pra me ajudar a administrar tanta grana) seria tirar meu pai daquela casa e colocar ele pra morar perto das sobrinhas, pra ele não ficar se sentindo sozinho, e pra manter ele sempre próximo da família, dar uns passeios e tudo mais, além de dar uma graninha extra pra ele gastar como bem entender. Aí alguém pode perguntar: "Mas Glauco, por que perto das sobrinhas e não perto de você, aí em Florianópolis?", e eu respondo: Bem, meu pai me disse muitas vezes que eu tinha que viver a minha vida antes que fosse tarde demais, e apoiou mais de cem por cento a minha independência, então acho que ele não iria se importar de me ver só de vez em quando, né? 

Tudo isso resolvido, eu me dedicaria cem por cento à Música. Estudaria cada coisa, pesquisaria, escreveria, cantaria, enfim, ia viver de estudar Música, ia viver de Música, fazer o que eu gosto e não sentir mais aquele desespero que sinto todos os dias por saber que sou músico, mas ter que pensar em outro curso, porque não dá pra viver de Música no Brasil (até dá, mas né), abriria meu próprio estúdio, colocaria alguns dos músicos com quem já toquei para trabalhar nele e, pronto, mais um sonho realizado. 

Nesse meio tempo, eu pegaria Rafael, esse parceirão que a vida me deu de presente e, quando estivéssemos de férias dos estudos, sairíamos viajando por esse Brasil todo, e depois pelo resto do mundo, pra ver de perto tudo aquilo que eu vejo em muitas fotos no Instagram. Também cuidaria do corpo, pra mudar de vez essa carcaça bizonha que eu tenho desde muito tempo... Que mais? Ah, tem também o básico, né? Uma casa na praia, com quintal pros labradores (Thor, Zeus e Vampira), umas roupinhas novas, um carro, aquela coisa toda, o básico pra sobrevivência. Ah, no meio de tudo isso que eu citei acima, também compraria um sítio pra abrigar animais abandonados, além de ajudar outras ONGs que ajudam animais, e também ajudaria a financiar pesquisas sobre a cura do câncer/HIV, e medicamentos para quem faz tratamento contra as mesmas.

Pois bem, isso é o que eu, Glauco Damasceno de Aguiar, faria. Aí eu resolvi ir até o Twitter e Facebook perguntar, e tive as mais diversas respostas, mas muita gente iria mesmo é viajar! Sim, com duzentos milhões de reais, Rubens, Lidiane, Luisa, Luis Fernando, Henrique, Marcone, Rafael Augusto, Elisiane, Artho, Leandro, Eduardo e Samuel, largariam tudo pra trás e sairiam viajando pelo Brasil e mundo! Gente, viajar é bom DEMAIS! Você adquire conhecimento, experiências, renova as energias, conhece pessoas... é sensacional.

Já o Arthur compraria os direitos de Percy Jackson e os Olimpianos e faria uma produção que preste. Eu achei o máximo, como fã da série, acho que merece mais, muito mais do que aqueles filminhos.

O Tiago desentalaria todas as ofensas que guardou durante todos esses anos. Ei, Tiago, se jogar e ganhar, me convida pra assistir? Adoro ver a reação das pessoas quando ouvem o que merecem. Já a Christiane faria cirurgias plásticas, compraria uns carros, ajudaria algumas pessoas... E ela ainda se acha fútil? Já Rafael, como bom fã da Pais Hilton que é, tentaria ser a versão masculina da mesma, vivendo apenas de ser maravilhoso, obtendo assim, muitos likes no Instagram

A Michelle, minha amigona, abriria um puteiro e colocaria as travestis de Barra Mansa que fazem ponto na Beira Rio pra trabalhar nele, porque a Beira Rio é perigosa demais. Tá certíssima, tem que ajudar o próximo sim! E por falar em ajudar o próximo, o Max compraria metade da empresa onde trabalha, e ajudaria pessoas, Estados, países, quem ele pudesse ajudar.

Enquanto um Daniel compraria a empresa onde trabalha e implodiria depois, o outro montaria uma fundação educacional, visando ajudar quem não pode bancar os estudos, sem deixar de receber por isso. E a Lya compraria um apartamento em São Paulo e sairia correndo do Rio, direto pra terra da garoa. Já a Camila, ela pagaria todas as contas. Muito que bem!

O Wes compraria um político, afinal, tá na moda, certo? Já o Ismael abriria seu próprio centro de pesquisas, assim não teria que depender do dinheiro do Presidente Fora. Ah, o Artho, citado na galera que quer viajar pelo mundo, também investiria em pesquisas contra o câncer, e também abriria seu próprio laboratório.

Enquanto o Ítalo largaria o emprego pra iniciar seu doutorado, o Lorran tiraria a família do aluguel, compraria uns imóveis, uns carros, se jogaria em intercâmbios e deixaria o dinheiro rendendo. Ufa, isso é o que eu chamo de disposição, não?

A Juliana quitaria a casa de sua mãe, compraria uma casa pra ela e pro marido, uma casa pro pai, um salão pra tia, e depois viria pra Florianópolis divar comigo. Gata, começa a jogar já! E o Filipe ia tirar só cinco por cento pra despirocar por aí, de resto, investiria em imóveis, assim como o Wendel, que também tá na galera que viajaria muito. 

Luisa e Thais também abririam abrigos para animais, e Thais sairia viajando pelo mundo até morrer, deixando seu dinheiro render juros, além de ter casas e apartamentos para alugar. Tá aí, é um ótimo plano!

O Breno aplicaria parte em ações, parte no Tesouro Nacional, e viveria de juros. assim como o Caio, com a diferença de que Caio investiria dois por cento em sua própria empresa. Já o Ricardo Rathsam faria sexo. Isso mesmo que você leu. Agora, se fosse o Celso, ele dividiria em duas partes, investiria no Tesouro do Brasil, compraria cidadania europeia e abriria uma rede de food trucks. Olha que mara!

Gente, é dinheiro demais, sonhos demais, imaginação demais e, enquanto a gente não consegue essa grana toda, nos resta sonhar, porque sonhar, por enquanto, não tá custando nada. 

E você que tá aí do outro lado, o que faria com duzentos milhões de reais, hein? Até a próxima semana!

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, do interior do RJ, aparece por aqui toda terça-feira, munido de sarcasmo, mau humor, ironia, café, vinho e cerveja, afinal, ninguém é de ferro. Gosta de passeios na praia e de assistir o pôr-do-sol, enquanto espera Olivia Pope aparecer e recrutá-lo para ser um Gladiador de Terno. Fala umas coisas bonitinhas de vez em quando, mas só de vez em quando!
FacebookTwitter


Um comentário:

Seu BOGA disse...

O que eu faria com os 200 milhões?? NADA...explico...
O dinheiro seria investido e tudo que eu faria seria com os lucros desses investimentos...até 200 milhões acabam se não forem bem investidos...

Vamos fazer um calculo simples: se vc colocar 200 milhões na poupança (coisa que ninguem faria, pois a poupança é um pessimo investimento para muito dinheiro)...

Pois bem...na poupança vc teria aproximadamente 1 milhão mensal...eu disse 1 MILHÃO por mês....de renda...

E, ai sim...COM ESSE DINHEIRO...dá pra fazer tudo que todo mundo sujeriu...e os seus 200 milhões continuariam...lá...sorrindo prá vc...