quinta-feira, 16 de novembro de 2017

O Concorrente da Netflix




Todo mundo conhece a Netflix. Sabe que a plataforma de streaming produz séries, filmes e documentários, além de distribuir tantas outras produções ao redor do mundo. Netflix acabou popularizando algumas séries e até salvando outras. É um serviço para os amantes de seriados. Mas não é o único. 

Outro dia mesmo entrei na Amazon, estava procurando um livro que agora não lembro o nome e vi que a Amazon Prime, concorrente da Netflix, havia diminuido seu preço para novos assinates e decidi dar o beneficio da dúvida e experimentei os sete dias gratuitos para ver como era. Ao contrário do seu "irmão" que ainda é mais popular, Amazon Prime possui um catálogo até enxuto de séries, o que não significa que não tem boas produções originais, que são muito queridinhas da crítica e público americano. Por exemplo, estão na lista de produções da empresa: Transparent, American Gods e Men in the High Castle. Tudo também disponível no catálogo Brasileiro do streaming

Das séries que são distribuidas pela Amazon Prime temos: Seinfeld, além de Mr. Robot, The Preacher e Damages. A lista não termina por aí, mas destaco essas séries por serem mais conhecidas. E nem demorei muito para me decidir por qual produção começaria meus sete dias gratuitos. Seinfeld acabou sendo o grande escolhido.

Ao dar o play no vídeo observei poucas diferenças acontecerem se comparado ao Netflix. Se em um o menu do vídeo é na parte de baixo, no outro fica na superior. E só. Nada mais que isso. E como bom libriano, o fato do catálogo da Amazon Prime ser mais enxuto, eu me vi menos tentado a ficar horas vagando pelas opções e fui mais direto no que queria assistir.

O serviço comprou os direitos de adaptação de O Senhor dos Anéis. Como fã da saga, fico feliz. Preocupado, mas feliz. Espero que a Amazon cuide direito do universo de Tolkien e faça Netflix e o Hulu (ainda não disponível por aqui), se coçarem e terem um conteúdo original ainda melhor do que já estão fazendo.

Leia Também:
Leandro Faria  
Silvestre Mendes, o nosso colunista de quinta-feira no Barba Feita, é carioca e formado em Gestão de Produção em Rádio e TV, além de ser, assumidamente, um ex-romântico. Ou, simplesmente, um novo consciente de que um lance é um lance e de que romance é romance.
FacebookTwitter

Nenhum comentário: