terça-feira, 27 de março de 2018

Fake News





Pode ser até que na semana que vem eu refaça esse texto, afinal de contas, vou falar de uma série que não assisti. Mas, o que eu queria falar mesmo era que neste final de semana a Netflix lançou uma série brasileira, O Mecanismo, estrelada por Selton Mello, inspirada na Operação Lava Jato. 

Não estou aqui para avaliar a série, que não assisti ainda. Não posso falar se o roteiro é bom, ou opinar sobre atuações ou fotografia. Mas queria falar sobre como um assunto polêmico como a Lava Jato pode mostrar o caráter das pessoas. Hoje não vi discussões políticas, mas expressões de ódio de ambos os lados: de quem aprova ou reprova a série.

A ex-presidenta deu uma declaração falando que a série está divulgando fake news; teve gente cancelando a assinatura da Netflix por conta da série e suas opiniões políticas; teve quem fizesse as mesmas piadinhas sem graça de oportunidade (quem me falar que o ator do Lula roubou a cena eu bloqueio).

É incrível como nessas horas a gente vira extremista político. A nossa política atual vive pólos extremos, apesar de todo o cenário de incerteza. Se eu votei no Lula, sou um esquerdinha. Se não, sou um coxinha burguês. E assim vamos perdendo a oportunidade de dialogar, de aprender com os erros e de tentar colocar alguém melhor na cabeça do poder. 

O brasileiro poderia aproveitar o momento que vive para dialogar, escutar o outro, tentar entender todas as partes desta política que, pelo visto, são apenas partes de uma mesma pizza. Mas, ao invés disso, estamos exalando ódio gratuito com piadinhas ou atitudes extremas como cancelar um aplicativo ou feed de amigos. 

Que em 2018 a gente aprenda a dar menos unfollow nos amigos em redes sociais. E entender que nem tudo acontece do jeito que a gente imagina - nem roteiro de ficção sobre a Lava Jato. Porque enquanto estamos perdendo os amigos por política, nossos amigos monópodes continuam festejando em seus jantares caros às nossas custas. 


Na foto de acima: Eunicio Oliveira, atual Presidente do Senado, ao lado de Camilo Santana, governador do Ceará - inimigos políticos de longa data, que estão se aliando para as próximas eleições.

Leia Também:
Leandro Faria  
Gabriel Campelo: Publicitário, Executivo de TV, apaixonado por tudo o que faz. Seja crossfit, corrida, natação, praia ou música, são sempre suas maiores paixões (que sua mãe nunca leia isso). É transparente em suas ideias, mas tenta sempre deixar tudo um pouco mais leve, de pesada já basta a balança. É o único cearense e nordestino deste canal. Não usa barba e essa é uma de suas maiores frustrações. Talvez por isso mesmo esteja tão apaixonado por escrever toda semana no Barba Feita.
FacebookInstagram


Nenhum comentário: