terça-feira, 6 de março de 2018

Sobre Feriados e Festas





Se tem uma coisa que brasileiro adora é um feriado. Dia de São José, Nossa Senhora Aparecida, da Assunção, Dia de Finados, dia da padroeira e por aí vai. Daí, todo mundo reclama que tem que trabalhar dobrado antes ou depois, o varejo não fatura, a economia praticamente estanca em vários setores ou alega que feriado de Santo deveria ser proibido porque o estado é laico.

Tem também aqueles que falam que o feriado só coleciona mortes, acidentes no trânsito, assaltos e coisa ruim. Tem gente que parece que não gosta de uma folga e acha que brasileiro é atrasado porque gosta de um dia fora da rotina. Quanto rancor!

Mas, na verdade, todo mundo adora um feriado. Pode cair na segunda ou na quinta, todo mundo adora. Seja pra ir à praia, colocar as séries em dia ou apenas relaxar, o brasileiro conta os dias que faltam para aquele próximo diazinho sem nada pra fazer.

Aqui em Fortaleza, gostamos mesmo de uma boa festa! Das datas comemorativas, além do Natal, o Carnaval e o Ano Novo são as datas que a população afirma ter mais gastos. Já pensou que a gente já gasta mais com carnaval do que com Dia das Mães? Tomara que a minha não leia esse texto.

E, como se não bastasse, o brasileiro sempre dá um jeito de estender essa folga. Se for na terça, já junta com o final de semana e imprensa a segunda. Na quinta-feira, mesma coisa. Aí vira logo carnaval, aquela data que o país para pra gente beber e que faz várias coisas sem ninguém julgar. O próprio carnaval, que antes eram só 04 dias, tem seus 04 finais de semana de pré instituídos, com bloquinhos, charangas e festas na praça. E depois? Ressaca do Carnaval, claro!

Em um dos meus primeiros textos por aqui, falei da Quaresma. Depois, fiquei pensando se não deveria ter falado antes do carnaval. Afinal, tudo é festa antes de ficar cinzas, assim como o expediente no trabalho após o feriado. E, de cinza, feriado não pode ter nada.

Leia Também:
Leandro Faria  
Gabriel Campelo: Publicitário, Executivo de TV, apaixonado por tudo o que faz. Seja crossfit, corrida, natação, praia ou música, são sempre suas maiores paixões (que sua mãe nunca leia isso). É transparente em suas ideias, mas tenta sempre deixar tudo um pouco mais leve, de pesada já basta a balança. É o único cearense e nordestino deste canal. Não usa barba e essa é uma de suas maiores frustrações. Talvez por isso mesmo esteja tão apaixonado por escrever toda semana no Barba Feita.
FacebookTwitter


Nenhum comentário: