segunda-feira, 12 de março de 2018

Visão Panorâmica





Às vezes eu acho que nos ensinaram tudo errado. Fomos sugestionados a e ter um estilo de vida que, com o crescer de toda uma geração, vem se mostrando falho e cheio de lapsos. E o tal do foco, que tanto nos foi incutido, tem se mostrado mais um problema do que uma solução.

Foco na carreira. Foco no relacionamento. Foco estudos. Falou-se tanto em foco que desaprendemos a enxergar o todo. Nos ligamos tanto a um relacionamento que deixamos os amigos de lado. Focamos no estudo formal e nos esquecemos de pensar em novas possibilidades de aprendizado. Colocamos a carreira em primeiro plano e nos tornamos profissionais infelizes, trabalhando apenas por dinheiro e deixando a auto-realização de lado. Focamos tanto que acabamos nos perdendo pelo caminho.

Ao priorizarmos o foco, deixamos de enxergar o todo, de apreciar a beleza do entorno, de experimentar novas possibilidades. Focamos no foco, vejam que redundância, e deixamos de valorizar a visão panorâmica.

Afinal, é possível trabalhar e mesmo assim achar tempo para se divertir, estudar e ter um relacionamento. Assim como é possível namorar e não necessariamente viver em uma bolha em que habitam apenas você e quem estiver contigo. Não somos seres de tarefas únicas e focos específicos. Valorizar uma parte de sua vida é aceitável e, muitas das vezes, até necessário; mas focar em algo e esquecer que a vida é bem mais do que um trabalho, um relacionamento, deveres e afazeres, é mais saudável e aconselhável.

Vivendo, vamos aprendendo que a vida é feita de bem mais do que escolhas simples e opostas. Bem ou mal, certo ou errado, sim ou não. A gente aprende, ou deveria a aprender, a se virar nos 30, a resolver problemas, a tomar decisões diversas. E, mais que isso, deveríamos deixar-nos surpreender. Dar uma chance ao novo, permitindo que ele nos abrace e, tantas vezes, acabemos envolvidos pelas benesses advindas de dar a cara à tapa ou simplesmente deixar que algo não programado aconteça.

Por isso, minha dica de hoje é bem simples: esqueça o foco por um momento. Viva mais, preste atenção ao todo, dê uma chance ao acaso e sorria para o mundo à sua volta. Use a sua visão panorâmica para aproveitar tudo aquilo que, por focar tanto em apenas um ponto, você tem deixado passar. Viva bem e aproveite o dia. A semana. O mês. A vida.


Leandro Faria  
Leandro Faria:, do Rio de Janeiro, 30 e poucos anos, viciado em cultura pop em geral. Gosta de um bom papo, fala pelos cotovelos e está sempre disposto a rever seus conceitos, se for apresentado a bons argumentos. Odeia segunda-feira, mas adora o fato de ser o colunista desse dia da semana aqui no Barba Feita.
FacebookTwitter


Nenhum comentário: