sexta-feira, 27 de abril de 2018

No Futuro, Todos Terão Seus 15 Segundos de Fama...





Eu me amarro em ver stories no Instagram. Principalmente de figuras públicas. De certa forma, é engraçado presenciar essa aproximação. Hoje, você sabe quando eles estão na academia (figuras públicas adoram mostrar stories com seus personal trainers), a que horas ele está acordando (figuras públicas adoram mostrar que acordam sem olheiras e sem bafo), ou se estão se divertindo em um fim de semana (figuras públicas estão sempre cheios de amigos, comendo e gargalhando pra caralhooooo). A rede conseguiu trazer essas pessoas, antes inatingíveis, para o mesmo grupinho de seus amigos. Qualquer um pode seguir a Bruna Marquezine, o Neymar, a Ivete Sangalo, a Madonna...   

Por falar em Madonna, outro dia eu senti o drama dela, que apareceu no stories com a cara toda abatida, sem maquiagem e com o cabelo todo desgrenhado, putésima da vida tentando consertar um vazamento em sua banheira. Ela mostrava a água esguichando e atrevia-se a ser uma torneira mecânica (sem sucesso). Pensei comigo mesmo: se a vida tá assim tão mal para a Madonna logo cedo, imagina para a minha...

Alguns artistas e digital influencers (é assim que muitos gostam de ser chamados) eu sigo só pra ter a sensação de sentir aquela vergonha alheia. Já quis “desver” muita coisa. Hugo Gloss fazendo jabá de amaciante de roupas foi um desastre, assim como em uma sequência dele recebendo fraldas. Mas pra que diabos uma empresa como a Pampers manda pacotes e pacotes de fraldas para o Hugo Gloss? Gostaria de poder compreender.

Vida de ex-BBB então... Gente... Nos primeiros meses é só festa... Eles estão nos locais mais descolados da cidade, sempre rodeados de amigos, bebendo ótimos drinks e sempre com um tuntz-tuntz-tuntz ao fundo, com uma alegria que não parece ser deste mundo. Depois de um tempo a parada vai murchando e se torna algo tão entediante que dá pena vê-los tentando ainda se manter uma curva ascendente que só existe na imaginação deles.

Gretchen fazendo um anúncio de uma água nos bastidores do show de Kate Perry em São Paulo foi também algo grotesco. De uma sequência de uns 20 stories, uns 18 mostravam-na com a tal água pra lá e pra cá, no maior estilo fake de um Show de Truman. Dispensável.

Já o Evaristo Costa fazendo comercial de Vanish e ganhando o seu jabazinho foi interessante. Ele tem carisma, é inteligente e faz um ótimo uso dos 15 segundinhos disponíveis dos stories. Vale a pena seguir, pois foge totalmente daquele padrão de bancada de jornal da TV Globo, mesmo já notoriamente não sendo um carrancudo.

Quando vejo os stories não tenho como não remeter à célebre frase de Andy Warhol, a figura central do movimento da pop-art no mundo: no futuro, todos terão seus quinze minutos de fama. Ele certamente não bateu um papo com Bauman, que já dizia também que o tempo seria muito mais líquido; senão acertaria na mosca. Afinal, os artistas, os influenciadores, eu, você e qualquer um, pode ter os seus devidos 15 segundos de fama.

Leandro Faria  
Marcos Araújo é formado em Cinema, especialista em Gestão Estratégica de Comunicação e Mestre em Ciências em Saúde. Nas horas vagas é vocalista da banda de rock Soft & Mirabels, um dos membros da Confraria dos Bibliófilos do Brasil, colunista do Papo de Samba e um dos criadores do grupo carnavalesco Me Beija Félix. E também o colunista das sextas-feiras aqui no Barba Feita.
FacebookInstagram


Nenhum comentário: