sexta-feira, 11 de maio de 2018

Chineladas




Qual o problema em ir ao shopping de chinelos? Eu não acho nada demais. Mas, acreditem: eu já fui muito criticado por isso. Uma vez um amigo me deu o maior esporro quando me encontrou de camiseta, bermuda e minhas inseparáveis Havaianas o aguardando na porta de um shopping, no Rio. Você vai entrar aqui assim? Óbvio que gargalhei na cara dele, segurei os chinelos na mão e entrei descalço, só para provocar ainda mais.

Essa semana o pessoal do Buzzfeed reacendeu essa polêmica. Alguém iniciou essa discussão no Twitter e Facebook dizendo que seria ridículo alguém entrar nos shoppings usando chinelos. Alguns defenderam, mas a grande maioria criticou, dizendo que era realmente muito vergonhoso. Não tem nada mais ridículo do que ir ao shopping de chinelo, puta que pariu, dizia um comentário. Juro que eu não consegui entender o porquê. Afinal, qual o problema nisso?

Talvez, a maioria das pessoas que tenham iniciado a polêmica sejam de outros estados. Certa vez, reprovaram minha atitude por ter entrado assim, todo largado, no shopping Morumbi, em São Paulo. Torciam tanto o nariz pra mim que eu não consegui ficar nem meia hora dentro daquele estabelecimento comercial. E meus amigos paulistas quase me lincharam quando eu atravessei a Avenida Atlântica e entrei no supermercado Zona Sul (que fica em frente à praia) de sunga e chinelos. A indignação estava visível em seus rostos, pois parecia que eu estava cometendo um crime e eles não queriam ser cúmplices de tal ato obsceno.

O povo é muito preconceituoso com os chinelos. Mas chinelo é o calçado oficial do carioca. Vou ao bar de chinelos. Vou pra Sapucaí de chinelos. Vou ao cinema de chinelos. Viajo de avião de chinelos. Talvez até seja uma questão de estilo de vida do carioca, que tem esse ar mais despojado. Cariocas não gostam de sinal fechado, já dizia a canção de Adriana Calcanhotto, que deveria também constar um verso sobre o uso dos tais calçados emborrachados.

Acho que meus amigos paulistas morreriam de desgosto quando soubessem que já desci do meu prédio e fui fazer compras no Horti-Frutti de chinelos e samba-canção. 

Mas não to nem aí. Se reclamar, desço de samba-canção e pantufas.

Leia Também: 
Leandro Faria  
Marcos Araújo é formado em Cinema, especialista em Gestão Estratégica de Comunicação e Mestre em Ciências em Saúde. Nas horas vagas é vocalista da banda de rock Soft & Mirabels, um dos membros da Confraria dos Bibliófilos do Brasil, colunista do Papo de Samba e um dos criadores do grupo carnavalesco Me Beija Félix. E também o colunista das sextas-feiras aqui no Barba Feita.
FacebookInstagram


2 comentários:

Marcia Marino disse...

Chinelos depende muito da roupa que vc estiver usando! Concordo que é a cara do carioca!! Amo as havaianas e similares. Se pudesse, usaria um modelo diferente nos 365 dias do ano! Mas... Ir ao Shopping Morumbi de chinelos... Kkkk acho um pouco over... Kkkkk Mas, carioca é o Cara!!! Kkkk

Marcia Pereira disse...

Conforto é tudo! Mas confesso que para alguns lugares e ocasiões as havaianas são inadequadas. Detesto ver alguém de chinelo e calça comprida...rs