quinta-feira, 12 de julho de 2018

Samantha!: A Viciante Comédia Brasileira da Netflix





Como começar a explicar Samantha? Ela é... única. Dona de um carisma singular e de uma língua mega afiada, além de um talento nato para o estrelato, mas que agora está bem flop na vida. Me diga só quem foi sucesso nos anos 80 e não passou por isso, não é mesmo... @X?

Mas o importante é não deixar de acreditar! E Samantha! acredita tanto, mas tanto, que é a primeira série de comédia brasileira produzida pela Netflix Brasil. A ideia é mostrar a vida de uma ex-estrela mirim e sua vida nos dias de hoje. Posso adiantar que ela casou na prisão com um ex-jogador de futebol (Dodói), tem dois filhos que são o máximo (Cindy e Brandon), e quando era pequena participou de um grupo com mais dois meninos, a Turminha Plimplon. E o nome dela começa com S, mas não tem Y...

Já estava intrigado com esse lançamento da Netflix, mas foi só dar o play no primeiro episódio e perceber que o mascote da Samantha era um maço de cigarros para garrar amor imediato pela trama. Só quem nasceu/viveu nos anos 80 ou teve infância nos anos 90 é que vai sacar o quão estapafúrdia era aquela realidade e se deixar levar pelo "clima" nostálgico do enredo. Não que a galera da "nova geração" não vá se divertir, vai sim. Tem humor, referências e piadas para todos os gostos e idades. Mas acaba sendo mais divertido para galera formada em história trash da televisão brasileira.

São tantas referências que fico com medo de dar mais spoiler do que o recomendado. Adianto que meu episódio favorito foi o de número 4, que vou chamar de "Digital Influencer". Acho até que boa parte dos diálogos deveriam virar meme ou referências em conversa com amigos. É tudo muito espirituoso e com interpretações pra lá de divertidas e com destaque para Lorena Comparato. Fica um aviso, existem cenas no pós-crédito deste episódio, recomendo que é muito divertido.

Falando nisso, Emanuelle Araújo é um nome que deve ser citado and elogiado. Admito que não sabia que ela possuía um time de comédia tão bom. Sua Samantha é hilária no ponto certo. É tão palpável que conseguimos pensar em umas 4 ou 5 fontes de inspiração direta, feita de uma maneira que não ficou caricata. Deixo minha dica para seguir a Samantha no @samantharealoficial do Instagram. Ela vive soltando pérolas por lá.

A temporada completa possui 7 episódios com mais ou menos vinte e oito minutos de duração. Quer dizer, em uma sentada em frente ao sofá você mata os episódios e fica com um gostinho de quero mais. Quero ver você não ficar com a música da Turminha Plimpom na cabeça depois de ouvir algumas mil vezes... Ah! Tem disponível no Spotify. Sim, a divulgação está pesadíssima.



Ah, se liga, o Barba Feita agora está no Instagram!
Segue a gente lá:

Leia Também:
Leandro Faria  
Silvestre Mendes, o nosso colunista de quinta-feira no Barba Feita, é carioca e formado em Gestão de Produção em Rádio e TV, além de ser, assumidamente, um ex-romântico. Ou, simplesmente, um novo consciente de que um lance é um lance e de que romance é romance.
FacebookInstagram


A opinião dos colunistas não representa necessariamente a posição editorial do Barba Feita, sendo estes livres para se expressarem de acordo com suas ideologias e opiniões.

Nenhum comentário: