quinta-feira, 6 de junho de 2019

Haila e Helton Fazem o Masterchef Valer a Pena




Acho que a última temporada completa que acompanhei do Masterchef foi lá em 2016. Não embarquei na versão profissionais. Sei lá, acho que a fórmula estava se esgotando pra mim, alinhada aos episódios intermináveis que passavam na Band, sem levar em conta também os participantes menos carismáticos a cada temporada. 

Mas, como um bom espectador à casa retorna, dei o beneficio da dúvida para essa sexta temporada. Ao menos uma mudança significativa foi feita: o dia de exibição mudou, saiu da terça-feira e foi parar aos domingos. E lá fui eu acompanhar... ou quase. Perdi os episódios iniciais na tevê, só que o Youtube está aí para isso mesmo: obrigado Band, por subir os episódios por lá. Assumo que fiz uma pequena maratona dos três primeiros episódios e me vi totalmente surpreso com o que estava acompanhando. Os candidatos de 2019 são tão despreparados quanto os de 2014, que iniciaram o programa como conhecemos hoje. Alguns, da atual edição, não sabem o básico do preparo de pratos clássicos; outros não possuem controle mental para encarar um desafio pesado como esse... E alguns são perfeitos para o que o programa precisa... Entretenimento puro!

Haila me agradou no primeiro segundo que vi sua performance no duelo. Ah, sim, esse ano para fazer parte do Masterchef, duelos foram preparados para separar os bons participantes dos medianos... O que deu um clima de emoção logo de cara e me deixou torcendo por alguns instantaneamente. Assim como foi com Haila. Me apeguei à sua figura e já senti uma conexão imediata. Decidi, ainda nos duelos, que ela seria uma das minhas queridinhas da temporada. E dito e feito. Ela não é uma das participantes mais incríveis que já passou por aquela cozinha, mas é uma das mais emblemáticas. É impossível não torcer e não sentir raiva ao mesmo tempo. Seja por seu desespero em tentar concluir uma tarefa, ou por driblar toda adversidade em comandar um grupo e fazer o serviço bem feito. Ela é o tipo clássico de reality show: o azarão que todos querem ver vencendo no fim... Apesar que acho que esse não será o caso, não nessa edição. 

Helton foi outro que gostei no instante em que vi na cozinha do Masterchef. Um menino com bastante confiança e que pretende levar a cozinha muito a sério. Não cai de amores pelo rapaz, mas gostei dele e entendi sua determinação. Me vi um pouco no jovem rapaz que não consegue receber um voto de confiança dos outros participantes por conta da pouca idade... Helton é uma metralhadora de frases de efeito, o que faz dele um personagem que vai do amor ao ódio em segundos e funciona muito bem para um reality show

Se de um lado você possui os dois mocinhos da temporada, do outro é preciso os vilões... Apesar de achar que essa guerra entre o lado bom e mau da força já esteja ultrapassada, uma boa história necessita de seus elementos clássicos. E isso, Juliana N possui de sobra. Se fazendo de pouca amiga, a cozinheira viu em Helton um adversário a ser batido. Não por seus dotes culinários, Juliana tem uma vivência na cozinha e entende de pratos melhor que o jovem, mas na narrativa que é contada no programa o apelo maior está com ele e não com ela. 

Juliana é o típico participante que dá elementos para ser visto com virar de olhos pelas redes sociais, e que faz toda engrenagem funcionar. Possuindo seus haters fervorosos, que pegam suas tiradas como ofensas pessoais, ao "quase" ferir a imagem do queridinho do público.  Como xeque-mate, Helton deixou a competição para surpresa de um grande fandon que estava ganhando força pelo rapaz. Haila, por outro lado, continua na competição, apesar de constantemente estar entre os "piores" nos desafios que valem eliminação. Até quando o carisma da moça será o suficiente para mantê-la no programa? Será que os amigos, Haila e Helton, irão se enfrentar em uma repescagem ou o reencontro da dupla irá acontecer na cozinha do Masterchef e com ambos indo para final? 

Minha aposta é que essa sexta temporada será entre Eduardo R e Lorena. O primeiro é um cozinheiro acima da média para essa edição, o que o faz despontar muito facilmente como favorito. Lorena, por outro lado, vem surpreendendo quem não conhecia os talentos da moça na cozinha. Essa final será equilibrada aos olhos dos fãs e abriria a possibilidade de retorno da dupla de amigos para próxima temporada, que já promete mexer com os fãs do programa por ser uma edição All Stars

E aí, quem do Masterchef você quer de volta na cozinha na próxima temporada?

Leia Também:
Leandro Faria  
Silvestre Mendes, o nosso colunista de quinta-feira no Barba Feita, é carioca e formado em Gestão de Produção em Rádio e TV, além de ser, assumidamente, um ex-romântico. Ou, simplesmente, um novo consciente de que um lance é um lance e de que romance é romance.
FacebookInstagram


A opinião dos colunistas não representa necessariamente a posição editorial do Barba Feita, sendo estes livres para se expressarem de acordo com suas ideologias e opiniões.

Nenhum comentário: