segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Divã: Apaixonada Pelo Primo do Marido e Sem Saber o Que Fazer







Todo mundo pronto pra nossa seção de coach afetivo-sexual do dia? Estou adorando as dúvidas que estão chegando, gente, é realmente muito legal ler as coisas que vocês me escrevem - e algumas vezes assustador!

Assim, sem mais delongas, vamos à nossa coluna Divã de hoje. Que, oh, tá que tá! Com vocês, minha amiga Amor Impossível e sua dúvida existencial. Com meus pitacos a seguir, é claro!

Oi Leco, 

Tenho 24 anos, sou casada há 6 e tenho uma filha fruto deste relacionamento. O problema é que estou há 4 anos completamente apaixonada pelo primo do meu marido (ai, que vergonha)! 

Anos atrás, meu marido precisou ficar fora do país a trabalho e seu primo ficou na nossa casa para cuidar dos negócios e para que eu não ficasse sozinha. BIG MISTAKE! Nosso casamento andava muito mal, ele não era mais carinhoso, me ignorava muito. O primo e eu acabamos ficando amigos e, por isso, achei que podia confiar nele para desabafar sobre meus problemas. Hoje entendo que uma mulher reclamando de um homem para outro soa como um convite.

O fato é que rolou um climão entre a gente, com direito a amassos e selinhos. Apesar do quase, não aconteceu o "gran finale". Ele voltou pra casa dele depois que meu marido retornou, mas o clima entre a gente continuou: trocávamos carícias às escondidas, rolava "mão boba" por debaixo da mesa, até que a família desconfiou e começou a comentar. Ele, por ser apegado demais a eles, se afastou de mim, apesar de dizer que achava que estava gostando de mim.

Quando nos encontramos, percebo pelos olhares e por alguns comentários dele que ainda há alguma coisa entre nós. O problema maior e que se antes eu não me permitia admitir o que sentia por ele, agora não estou conseguindo mais esconder. Queria muito estar com ele, mas não vou arriscar a felicidade da minha filha (ela não aceitaria outro homem fácil) por algo incerto. 

Não tenho CERTEZA se ele gosta de mim ou não e seria difícil descobrir já que ele é tão reservado quanto a seus sentimentos. Não aguento mais tanta dúvida!!! 

Leco, me diz: o que eu faço???
Amor Impossível

Tem coisas nessa vida que até parecem ficção, daquelas escritas por Nelson Rodrigues, mas, por mais bizarras que possam soar, são reais. A nossa querida Amor Impossível que o diga, não? Com direito a amor impossível, quase putaria e muitas dúvidas. E preciso confessar que, quando não sou um dos protagonistas, eu adoro um novelão da vida real.

Sinceramente? Meu conselho poderia se resumir a: cai fora do seu marido! O amor acabou, você só está com ele por conveniência e pela sua filha e apaixonada por outro homem. Dá pra ver que esse amor acabou. Faz a Ariana, amiga, e canta: "thank you, next!"

Mas, para não ser uma resposta muito vazia (mas tenho certeza que TODO MUNDO concorda comigo quando digo pra você botar um fim no casamento), vou comentar algumas passagens do seu relato que considero emblemáticas, ok? Veja bem:
"Ele, por ser apegado demais a eles, se afastou de mim, apesar de dizer que achava que estava gostando de mim."
Querida, se o primo quisesse, acho muito que ele ficava com você. Isso de "ser apegado demais à família" é besteira. Mais, vou traduzir a frase dele pra você de forma clara, ok? 

acho que tô gostando de você = quero te comer!
"Queria muito estar com ele, mas não vou arriscar a felicidade da minha filha (ela não aceitaria outro homem fácil) por algo incerto." 
Entendi! Você só não termina o casamento porque tem medo de terminar e ficar sozinha e está usando a sua filha como desculpa. Preguiça disso, de verdade. Antes só do que mal acompanhada! Merece uns tapas nessa cara pra acordar pra vida! 
"Não tenho CERTEZA se ele gosta de mim ou não e seria difícil descobrir já que ele é tão reservado quanto a seus sentimentos. Não aguento mais tanta dúvida!!! "
Vira pro primo safadinho nelsonrodriguiano e diz: tô me separando e quero ficar com você! Se ele topar, ótimo, seja feliz! Se ele não topar, vai viver a sua vida! SOZINHA!  E longe dessa família problemática. 

É isso! A vida é curta e a hora pra ser feliz é AGORA! Chega de dúvidas vazias e de procurar desculpas para si mesma. Uma hora tudo isso passa e sabe o que restará? Apenas vários "e se..." de como tudo poderia ter sido!

Beijos mil e boa sorte nas tomadas de decisão!
Leco Faria
___

Então, já sabem: se tiverem alguma dúvida ou quiser o meu palpite, mandem um email clicando aqui ou um direct lá no meu Instagram, ok? Vai que você aparece por aqui na coluna. Ou não! ;-)

Leia Também:
Leandro Faria  
Leandro Faria:, do Rio de Janeiro, 30 e poucos anos, viciado em cultura pop em geral. Gosta de um bom papo, fala pelos cotovelos e está sempre disposto a rever seus conceitos, se for apresentado a bons argumentos. Odeia segunda-feira, mas adora o fato de ser o colunista desse dia da semana aqui no Barba Feita.
FacebookTwitter


A opinião dos colunistas não representa necessariamente a posição editorial do Barba Feita, sendo estes livres para se expressarem de acordo com suas ideologias e opiniões.

Nenhum comentário: